Cruzeiros em números: os fatos mais curiosos sobre navios

No próximo mês de novembro será dada a largada para a temporada de cruzeiros pelo Brasil. Esta modalidade de viagem está se tornando mais popular que nunca: mais de 400 mil brasileiros devem embarcar em um cruzeiro durante a temporada 2017/2018. Ao redor do mundo, este número chega a 26 milhões de viajantes.

Os impressionantes números da indústria dos cruzeiros não param por aí. A Dreamlines apresenta alguns destes surpreendentes dados em comparação com outras dimensões mais conhecidas:

Cruzeiros em Números

Até o lançamento do Symphony of the Seas em abril do ano que vem, o Harmony of the Seas continua sendo o maior navio de cruzeiro do mundo, cuja capacidade é 8 vezes maior do que a do Airbus A380 – o maior avião da atualidade.

Para alimentar a todos estes passageiros várias vezes ao dia, os cruzeiros contam com uma enorme equipe de cozinha que prepara deliciosos menus, buffets e lanches a bordo. No navio alemão Mein Schiff 2, por exemplo, são nada menos que 150 funcionários dedicados exclusivamente a esta função, sendo necessários 3 ônibus grandes para transportá-los até o navio.

Esta atenção especial à cozinha é algo notável em todos os cruzeiros. É por isso que cada semana são utilizadas 31 toneladas de legumes no navio Allure of the Seas, peso equivalente ao de 5 elefantes!

Já os passageiros do Veendam, da Holland America Line, não dispensam o glamour nas suas viagens e consomem 450 litros de champanhe a cada semana, quantidade suficiente para encher três banheiras.

O champagne é a bebida oficialmente utilizada os batismos dos cruzeiros, uma tradicional cerimônia que acontece antes da primeira viagem do navio. O veleiro de luxo Sea Cloud, por exemplo, foi batizado no mesmo ano que o Empire State Building. Com 86 anos de idade, este histórico navio foi construído para ser o navio mais luxuoso do mundo e continua sendo o mais antigo cruzeiro em atividade.

Outro recorde dos navios de luxo pertence ao tradicional Queen Mary 2, com o qual é possível viajar tão rápido quanto um leão em alta velocidade. Construído em 2003 para realizar a rota transatlântica entre Reino Unido e EUA, este charmoso navio continua sendo o mais rápido do mundo.

Falando em superlativos, a companhia Regent Seven Seas construiu no seu novo navio Seven Seas Explorer a maior suíte de cruzeiro do mundo. Tão grande quanto uma quadra de tênis, a Regent Suite dispõe de dois quartos, saunas, um SPA interno exclusivo e um jardim ao ar livre com vistas de 270 sobre a proa do navio.



Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *